O Coaching como Ferramenta na Gestão Hospitalar

Artigos

Ferramenta estratégica para garantir uma equipe motivada e engajada

  • 30/NOV/2015
O Coaching como Ferramenta na Gestão Hospitalar

“Um dos maiores desafios dentro da gestão hospitalar é a dinâmica exigida dos profissionais de saúde, o processo de coaching surge como ferramenta estratégica para os gestores garantirem uma equipe que além de motivada e engajada, é capaz de produzir resultados surpreendentes devido a alta performance resultantes do processo”.

A gestão hospitalar atua constantemente diante de um cenário dinâmico, exigindo que seus líderes desempenhem performance de alto rendimento, com resultados praticamente simultâneos as suas respectivas ações, de modo dinâmico, interativo e orquestrado.

De acordo com Cardoso, Ramos e C’innocenzo (1), as organizações de saúde são obrigadas a se tornarem além de instituições laborativas, instituições que desempenhem sistemas de aprendizagem organizacional de forma que seus colaboradores possam conquistar autonomia e auto-realização, incentivando ao trabalho em equipe, mantendo um ambiente saudável e motivador, buscando diminuição de prejuízos organizacionais provenientes de desentrosamento e estresse.

O coaching dentro de uma organização hospitalar pode ser adotado tanto para um processo terceirizado para atuação direto com a equipe onde se deseja obter os benefícios, quanto para processos focais com os lideres para que esses encontrem ferramentas e subsídios para atuação como líder coach (3).

Para Hasen e Guimarães (4) a adoção de ferramentas estratégicas na gestão de saúde não é apenas tendencial, mas necessária, pois não é apenas uma questão de competitividade, mas sim, da funcionalidade de um setor onde seus colaboradores por muito tempo se focaram apenas na defesa de seus interesses, de espaço e autonomia, adquirindo a quase incontornável distância entre as equipes envolvidas da direção e cuidado do hospital e esqueceram por assim dizer, suas verdadeiras missões (5).

REFERÊNCIA
  1. CARDOSO, Maria Lúcia Alves Pereira; RAMOS, Lais Helena; C’INNOCENZO, Maria. Liderança Coaching: Um Modelo De Referência Para O Exercício Do Enfermeiro-Líder No Contexto Hospitalar. Rev Esc Enferm USP 2011; 45(3):730-7.
  2. ARAÚJO, Kátia de; FERREIRA, Marcos Aurélio de Araújo. O Exercício Da Liderança Por Meio Do Estilo Coaching Na Gestão De Equipes. Revista Administração em Diálogo, n. 13, v. 2, 2009, p. 47-72.
  3. CAMPOS, Teodoro Malta. PINTO, Heloisa Maria Nunes. Coaching Nas Organizações: Uma Revisão Bibliográfica. REUNA, Belo Horizonte -- MG, Brasil, v.17, n.2, p. 15-26, Abr. - Jun. 2012. ISSN 2179-8834.
  4. HASEN, Peter Bent; GUIMARÃES, Fernanda de Menezes. Análise Da Implementação De Estratégia Em Empresa Hospitalar Com Uso De Mapas Cognitivos. RAE • São Paulo • v. 49 • n.4 • out./dez. 2009.
  5. CECÍLIO, Luiz Carlos de Oliveira; MENDES, Taniella Carvalho. Propostas Alternativas De Gestão Hospitalar E O Protagonismo Dos Trabalhadores: Por Que As Coisas Nem Sempre Acontecem Como Os Dirigentes Desejam? Saúde e Sociedade v.13, n.2, p.39-55, maio-ago 2004.

Associe-se

Seja um associado da Sociedade Brasileira de Hotelaria Hostpitalar e desfrute dos nossos benefícios.

Associe-se Já
Notice: Use of undefined constant php - assumed 'php' in /home/hotelariahospitalar.com.br/public/includes/sidebar.php on line 16

Artigos

Ferramenta estratégica para garantir uma equipe motivada e engajada

  • 30/NOV/2015

Mais uma ferramenta para nos ajudar na liderança e nos desafios de motivar e liderar equipes, buscando sempre uma forma de treinamentos novos e diferentes ferramentas para obter e alcançar os objetivos traçados.

Leia mais...

Implantação de um Serviço de Limpeza Terminal a Vapor em Salas Operatórias

  • 18/JUN/2015

Estudo descreve a experiência prática da implantação da limpeza terminal a vapor das salas operatórias de um hospital privado de São Paulo.

Leia mais...
© SBHH 2016. Todos os direitos reservados. Produzido por Logo DooSites.